Realizando um pagamento parcial de recebíveis

Dependendo do tipo e da forma como determinados recebíveis são gerados  é perfeitamente possível que eles sejam pagos com o valor superior ou inferior ao seu total (boletos parcialmente pagos são um exemplo comum). Para todos os efeitos, esses recebíveis foram quitados, e a diferença pode ser resultado de cálculo de multas, juros, descontos ou acréscimos conhecidos pelo emissor, mas também por uma decisão deliberada do pagador.

Como funciona?

Ao lado dos campos de Multa, Juros e Desconto, há um campo chamado "Diferença", que deve ser preenchido com o valor da diferença entre o total esperado e o efetivamente pago (podendo ser positivo ou negativo).

É importante ressaltar que, quando essa diferença for em razão de multas, juros ou descontos, são esses mesmos campos que devem ser preenchidos para que o valor esperado seja ajustado ao valor recebido. O campo diferença deve ser utilizado apenas quando o valor recebido for diferente do esperado já considerando as eventuais multas, juros ou descontos.

IMPORTANTE!

O recebimento parcial de um recebível altera o valor da Conta a Receber a ele associada. Lembrando que o Recebível se refere ao que o *cliente* tem que pagar. Assim como juros, multa e desconto. Neste caso a informação deve ficar no Recebível, não na Conta a Receber.

Ainda precisa de ajuda? Fale Conosco Fale Conosco