Para que serve Fluxo de Caixa?

Qualquer empresa, nos seus mais diversos portes e segmentos, deve adotar o fluxo de caixa diariamente. O empreendedor apenas poderá saber se seu negócio está financeiramente saudável se mantiver um controle eficaz do fluxo de dinheiro que entra e que sai – e, evidentemente, manterá as contas em dia.

Com o Fluxo de Caixa, o gestor consegue acompanhar as flutuações das movimentações financeiras ao longo do tempo e tomar a melhor decisão com o dinheiro da empresa. Diante disso, o empreendedor poderá saber se:

  • Vai sobrar ou faltar dinheiro futuramente;
  • É possível dar um maior prazo de pagamento aos clientes sem comprometer as atividades operacionais da empresa;
  • É preciso negociar um maior prazo com os fornecedores em um determinado período que não terá entrada de recursos em caixa;
  • É preciso financiar as atividades através de empréstimos e/ou financiamentos.

Sem um bom Fluxo de Caixa fica muito difícil o empreendedor saber o quanto tem de saldo disponível e o quanto de capital de giro necessita para manter as operações do dia a dia funcionando: para aplicação ou mesmo para eventuais gastos.

Ao elaborar o Fluxo de Caixa, deverão ser registrados todos os recebimentos (vendas à vista ou à prazo, entre outros recebimentos) e todos os pagamentos (compras à vista, pagamentos de despesas, dentre outros pagamentos), tanto aqueles previstos para o dia, para a semana e até para o mês, caso essas compras e pagamentos tenham sido parcelados.

Elaborar um Fluxo de Caixa possibilita ao gestor conhecer a real situação do seu negócio num futuro próximo, podendo tomar medidas preventivas caso as informações representem problemas financeiros, evitando comprometer o bom andamento das atividades.

Ainda precisa de ajuda? Fale Conosco Fale Conosco